Dados governamentais abertos, e ai Zé?

Fiquei muito surpreso esses dias quando vi que finalmente o governo lançou a tão esperada plataforma de dados abertos do governo brasileiro. Dados abertos são de extrema importância para a democracia de um país,  não são somente indicadores prontos, os dados devem vir em forma bruta e bem granulado, possibilitando assim que a sociedade analise de diversas formas para diversos fins.

Segundo David Eaves os dados abertos devem seguir três conceitos fundamentais:

“1. Se o dado não pode ser encontrado e indexado na Web, ele não existe;
2. Se não estiver aberto e disponível em formato compreensível por máquina, ele não pode ser reaproveitado; e
3. Se algum dispositivo legal não permitir sua replicação, ele não é útil.”

Hoje a maioria dos sites  governamentais não seguem essas regras, um exemplo simples é site da ANP que fiscaliza de forma periódica o preço dos postos de combustível. E se por algum motivo quisermos fazer um aplicativo para facilitar essa busca por geolocalização?

Deêm uma olhada no endereço do site da ANP e o link para verificar os postos de gasolina da cidade.

Verificando o código compreendemos o que esta sendo feito, o município é inserido como valor de um form

E olhando o form vemos que ele esta fazendo uma requisição POST

Como podemos fazer algo que seja legível para a máquina com um link desses? Não temos um acesso simples como “../2011/1/gasolina/osasco” . A única forma de pegar essas informações seria a de criar um robô e percorrer o site de tempos em tempos e além disso não temos nenhuma opção para fazer o download em XML, CSV ou JSON. Infelizmente além do site da ANP existem muitos outros sites do governo dessa forma, inclusive sites de prestação de contas e  de pregão eletrônico.

Outros países já possuem plataformas de dados abertos, entre eles temos a do governo britânico e americano

Data.gov.uk

Esses dados possibilitam o desenvolvimento de diversos aplicativos, por exemplo no site de dados do governo britânico é possível você baixar um APP para o iphone que verifica a taxa de crime de uma determinada região, esses dados são fornecidos pelo próprio governo.

A plataforma brasileira ainda está no começo, foi desenvolvida utilizando o CKAN que é um portal open-source para dados.

Para quem curtiu o assunto vale a pena ver esse video:

http://opengovernmentdata.org/film/

#opendata from Open Knowledge Foundation on Vimeo.

E para quem estiver buscando dados governamentais pode consultar fontes como:

Vale a pena lutar por esse direito.